Loading...

quinta-feira, 2 de maio de 2013




A VIDA


Quem já passou momentos  DIFÍCEIS na VIDA?  Quem nunca teve TROPEÇOS ?  Quem nunca amargurou uma DERROTA? Quem já sentiu que tudo chegou  ao FIM ?

DESISTIU ou encontrou Forças para se levantar e tentar novamente?

CHORAM,  LAMENTAM ,DESESPERAM  aliás,  muitos dão o fim `a sua própria vida.  Acontecem tantas coisas na Vida que você não sabe ou não possa compreender a situação , surgindo a dúvida em saber se  realmente conseguirá se sobrepujar.

Você passa por por uma tempestade na Vida e não sabe quanto tempo irá durar.

As pessoas esquecem o que é dar a VOLTA POR CIMA.  Na verdade esquecem algo muito simples que é SER PACIENTE.

Sempre diz que ninguem entende o seu problema  inclusive,  o seu problema é sempre maior aos  dos outros.

Tantos não conseguem superar as dificuldades. Será que não procurou soluções  o suficiente e optou pelo lado simples e covarde em cometer o pior .....

Levando em conta o alto índice de suicídios no Japão e sobre os motivos  que levam essas pessoas a cometerem estas atitudes, fiz algumas pesquisas.

Incrível que pareça de estudante secundarista que fosse mal numa disciplina tinha motivo suficiente para se matar. Sem falar em stuações como  vestibular, concurso, entrevista, etc. (vergonha, orgulho , preconceito, culpa, reputação,  sociedade).    Interessante também os acontecimentos na Floresta dos Suicídios (Aokigahara) do romance  Kuroi Jukai (Mar Negro de Árvores) cujo par romântico se mata ali. A ficção tem levado muitas pessoas àquele local para por fim à Vida.

Na crise econômica no Japão (2008/9) como informou o BBC Brasil, teve crescimento bárbaro pois, foram mais de 30 mil pessoas que se mataram. No Japão uma pessoa se mata a cada 20 minutos em média. O índice de Suicídios é de 24 a cada 100 mil pessoas. Abaixo somente da Rússia, onde a relação é de 40 para 100 mil. No Brasil é de cinco.

A cultura do suicídio é forte no Japão, onde se matar é considerado honra. Trata-se claro, de uma dessas bobagens culturais que se impregnam nas novas gerações como se fossem – e são – legados malditos.  Até hoje só tive conhecimento  (TV brasileira 2009) de um dekassegui que ficou desempregado e que tentou se matar.

Com a finalidade de minimizar esta situação preocupante  aqui no Japão existe o chamado CVV – Linha de Vida (em português) pelo  telefone ou atendimento pessoal (sigiloso),  em ajudar , socorrer cidadãos, para a Prevenção e Valorização da Vida. O governo (prefeituras) e as ONGs ( Centros Multiculturais, NPOs ) mostra que você não está sozinho.

As taxas de suicídio no Japão  estão entre os maiores no mundo e se tornou um grande problema  social há anos. As causas são muitas. A longa e duradoura recessão e o desemprego são certamente os fatores contribuintes para altas taxas atualmente. Outros fatores são o uso pesado de alcool, os efeitos das falências e os crescentes níveis de estresse sobre os empresários e outros trabalhadores assalariados que sofreram enormes dificuldades no Japão desde o estouro da “Bolha Econômica” do mercado de ações de 1997. Após a crise aumentou cerca de 35%. Além da influência sócioeconômica, há ainda o contexto histórico/cultural que também são fatores determinantes para os altos índices.

Por este ponto de vista, o suicídio é visto na sociedade japonêsa como uma “Virtude” ou um “Ato Heróico”  e não como “Pecado” ou “Culpa”, como acontece no mundo ocidental,  segundo o sociólogo Masahiro Yamada da Universidade Chuo em Tóquio.  Exemplo disso é o “Harakiri” e os “Kamikases” da segunda guerra mundial.

Para conter e prevenir os suicídios, várias medidas de prevenção de suicídios estão sendo feitas como a Lei Básica de Prevenção de Suicídios.

Entretanto a julgarmos pelos motivos que levam as pessoas a cometerem , e só  revivermos a enorme tragédia que se abateu  no nordeste do Japão com mais de 20 mil mortos e desaparecidos, cujas sequelas até  hoje continuam provocando sofrimento e dor, não só aos sobreviventes mas à toda comunidade japonêsa.  Em questão de minutos perdeu-se tudo. Tudo que era de  maior importância e sagrado em suas Vidas. O Tsunami arrastou tudo. Imaginem a situação das pessoas que de um momento a outro não existiam mais a família, filhos, esposa (o), pai,  mãe,  amigos, o lar enfim, nada restando  e obviamente a perda de  toda a motivação, o significado da Vida, sem rumo e sem objetivos, criando vários  pensamentos subjetivos tendo motivos suficientes para o extremo.. Por incrível que pareça a maioria está conseguindo superar como se fossem um desafio em sua Vida. Sobreviveu para poder ajudar tanto os que necessitam. Como disse um dos sobrevivente que ficou orfão da família: “ Procurarei Viver intensamente pelo  espaço  e no lugar  dos que foram”.  Sem dúvida é de uma coragem incrível .  Onde e como será que encontrou forças para enfrentar.  Creio que seja uma coisa chamada FÉ ( esperança , otimismo ).

Por outra visão tenho ouvido casos de tantas garotas com distúrbio alimentar (anorixia , bulimia) e, também que tantas pessoas com Ódio de Vida devido a sua situação em casa. Com Ódio dos outros e,  na verdade sentem –se como se não valessem nada.  Julgam ser feia  mas são lindas, do jeito que são! É mentira pensar que você não é Bom o bastante. É mentira pensar que você não vale nada. Tenha orgulho de si.

  Vencer os Desafios. Ter  uma nova perspectiva de Vida.  Ser Grato por tudo,  Sonhar grande e nunca Desistir. Ter Forças para conquistar tudo que vem à sua frente. Se cair,  Levante-se.  Se falhar , jamais desista. Tentar, tentar e tentar novamente .  Desistir ....Nunca!

De qualquer forma nas emoções humanas é muitocomplicado.  Para superar os sentimentos ( negativos)  o chamado “Depressão” deve procurar com urgência um psicólogo para o tratamento. Muitas vezes pensamos estar ajudando um amigo , na tentativa de distrair e fazer reagir mas, na realidade ninguem sabe o que um deprimido sente,  só ele mesmo.

Como prevenção, é fundamental o apoio familiar ou pessoas próximas  conscientizarem  sobre a realidade quando surgir esses sintomas adotando-o um estilo de vida com melhor qualidade possível seja de causa Orgânica , Social ou Emocional.

Evidentemente o que aconteceu com você até agora não é o que vai definir o seu futuro e sim a maneira como você vai reagir a tudo o que aconteceu.  Sua vida pode ser diferente.  Não se lamente pelo passado. Construa você mesmo o seu futuro.  A nossa Vida é simplesmente o reflexo das nossas ações.  A sua vida não é uma coincidência;  A sua Vida é consequência de você mesmo!!!


“AVIDA É UM CONSTANTE RECOMEÇO. NÃO SE DÊ POR DERROTADO E SIGA ADIANTE.  AS PEDRAS QUE HOJE ATRAPALHAM SUA CAMINHADA, AMANHÃ ENFEITARÃO A SUA ESTRADA”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário